Comportamento em redes sociais – Os perigos de publicar informações pessoais.


Com o avanço tecnológico, o acesso à internet passou a ficar muito mais fácil, com isso, o brasileiro cada vez mais está incluído nesse meio virtual, principalmente, quando o assunto é lazer. Nos dias atuais, a internet nos proporciona uma infinidade de recursos para o nosso entretenimento. Não há dúvidas que as plataformas mais utilizadas com a finalidade entreter o usuário seja as redes sociais. No entanto, o surgimento da primeira rede social, a SixDegrees, ocorreu por volta de 1997, no exterior, onde usuários criavam um perfil e adicionava amigos, muito semelhante com o que temos hoje em dia. Em seu curto período de atividade, aproximadamente 5 anos, a SixDegrees registrou mais de 3 milhões de usuários, mesmo que não tenha chegado em território nacional, serviu então, como uma porta de entrada para novas redes que surgiriam posteriormente com o avanço da internet.

Até pouco tempo atrás, não se imagina que as redes sociais teriam uma importância tão significativa como possuem hoje. Para termos um panorama, com base nos dados da The Global State of Digital 2019, há mais de 3,4 bilhões de pessoas utilizando redes sociais, o que corresponde a mais ou menos 45% da população mundial. Atualmente, as redes sociais ocupam uma posição de destaque na vida de muitos, seja para uso profissional ou particular.

Como já sabemos, as redes sociais são meios de comunicação, cujo objetivo principal é conectar pessoas e interesses, independentemente da distância, de forma virtual. De acordo com o relatório Digital in 2020, realizados pelas empresas We Are Social e Hootsuite, aponta que cerca de 140 milhões de brasileiros são usuários ativos nas redes sociais, dedicando um pouco mais de 3 horas diárias conectadas a elas.

Com uma boa parcela da população ativa nas redes sociais, é fundamental pensarmos o quanto nossa vida está exposta nesse ambiente virtual. Com esse avanço tecnológico que tanto falamos infelizmente as redes sociais não vem sendo utilizadas apenas para entretenimento, pois, há diversas pessoas, mal-intencionadas fazendo parte desse meio social. Por isso, é imprescindível que tomemos cuidado com a exposição exagerada nas redes sociais, principalmente com a publicação de dados pessoais.

No texto de hoje, vamos abordar sobre os perigos por trás de publicar informações pessoais em redes sociais, boa leitura.


O que são Redes Sociais?

De modo geral, as redes sociais são plataformas que permitem que usuários criem um perfil em um ambiente virtual que permite que entrem em contato com outros usuários. Pois, as premissas das redes sociais baseiam-se em conceitos antigos vindos do século XIX, tal como, analisar as interações entre indivíduos ou grupos.

Entretanto, além de permitir a interação entre usuários, as redes sociais também se tornou uma ferramenta de trabalho. Muitas empresas aderiram às redes sociais como uma ponte para se relacionar com clientes de forma mais indireta, a fim de apresentar novas propostas.

Os perigos por trás das redes sociais

Não há dúvidas que as redes sociais hoje em dia se tornaram parte fundamental para o cotidiano das pessoas, inúmeras pesquisas apontam que boa parte da população que tem acesso à internet passe algumas horas por dia rolando o feed de notícias de alguma rede social, seja ela, Twitter, Facebook ou Instagram, compartilhando e curtindo fotos e vídeos de viagens, eventos e atividades do cotidiano, de algum amigo ou parente.

Você já se questionou o quanto sua vida está exposta nessas plataformas? É imprescindível termos em mente que o uso desenfreado das redes sociais pode passar de benéfico e divertido, tornando-se algo nocivo. Pessoas más intencionadas e cibercriminosos estão presentes nas principais plataformas de entretenimento, esperando uma brecha dos usuários de fazerem posts contendo informações importantes para serem coletadas, podendo causar perigos não só no mundo virtual, como também no mundo real. Separamos uma lista de informações que não devem ser publicadas em redes sociais, a fim de manter seguro seus dados e sua integridade física:


Fotos de ingressos de eventos:

Ingressos de eventos contem informações pessoais, tal como, nome completo e muitas vezes contem o numero de um documento pessoal, geralmente o CPF da pessoa. Além disso, os ingressos contêm código de barras ou QR Code que são lidos na entrada do evento. Uma vez que uma pessoa mal-intencionada tem acesso ao código de barras pode falsificar seu ingresso e entrar no evento antes de você.


Informações bancárias:

Embora seja óbvio, nunca é demais reforçar a importância de não publicar imagens contendo informações do cartão de crédito ou dados bancários nas redes sociais. Uma pessoal mal-intencionada pode aproveitar dessas informações para realizar compras online, gerando despesas que não seriam planejadas pelo proprietário do cartão.


Informações sobre viagens e bilhetes de embarque:

Assim como os ingressos de eventos, os bilhetes de embarque contem algumas informações pessoais, que permitem que pessoas mal-intencionadas acessem o site da companhia de viagem, faça alterações ou até mesmo, tenha acesso a informações pessoais como endereço, dados bancários, etc. Além do mais, informar nas redes sociais que realizara uma longa viagem e, consequentemente deixando a casa vazia, torna-se atrativo para criminosos que estão cada vez mais especializados em monitorar eventuais vitimas através de publicações nas redes.


Endereços:

Outro tópico que parece óbvio, mas muitos se esquecem, não é recomendado publicar informações contendo o endereço residencial na internet. Pois, torna-se um alvo fácil para os criminosos que ficam na espreita por esse tipo de informação. Evite também, publicar fotos que contenham informações sobre a fachada da residência e o principalmente o número da casa, pois, esse tipo de informação facilita o acesso de criminosos.


Fotos de crianças:

Geralmente os pais sempre querem compartilhar as fotos de momentos especiais das crianças com os amigos nas redes sociais, contudo, é muito importante atentar-se ao conteúdo das fotos. Jamais publique a localização onde a foto foi tirada, não informe o nome da criança no post. Porém, o mais importante é que não publique fotos de crianças trajando uniforme escolar, isso pode facilitar que criminosos ou pessoas mal-intencionadas tenham conhecimento de onde seu filho estuda, colocando-o em risco.


Não adicione pessoas desconhecidas:

Redes sociais foram feitas para interações entre os usuários, contudo, mantenha cautela e bom senso ao sair adicionando pessoas. Busque sempre por manter em sua rede pessoas que de fato você conheça.


Links maliciosos:

É muito comum ver no feed do Facebook links contendo cupons de desconto em aplicativos de entrega ou até mesmo páginas falsas se passando por marcas famosas, tenha cautela e atenção ao clicar nesses links. Pois, pode se tratar de links maliciosos desenvolvidos por cibercriminosos, contendo malwares que podem causar dano ao seu smartphone ou computador. Geralmente o conteúdo desses links solicita informações como dados do cartão de crédito, como mencionamos anteriormente, não forneça, pois se trata de um golpe.


Embora existam os termos e políticas de privacidades dentro das redes sociais. É imprescindível que os usuários de internet tenham cautela e bom senso ao utilizar as redes sociais. Não sabemos até quem as informações pessoais estão chegando, mantenha se seguro a fim de evitar danos, por isso não se exponha muito no mundo virtual. Cibercriminosos estão sempre tentando encontrar brechas na politica de privacidade para obter dados pessoais de usuários e quando os usuários publicam informações de interesse, o trabalho desses criminosos é facilitado

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Big Data

 

(15) 3217-8933 / 3329-8933

Formulário de Inscrição

©2020 por blog.tafner.net.br. Orgulhosamente criado com Wix.com