Fraudes Online


Certamente em algum momento você já recebeu um e-mail ou mensagem de texto com uma oportunidade fantástica de ‘ganhar’ prêmios ou até mesmo uma proposta incrível. Sempre desconfie desse tipo de conteúdo, pois, além de muitas conterem links maliciosos que oferecem risco para o computador, você também pode estar prestes a cair em uma fraude online.

Hoje em dia possuímos grande facilidade para solucionar diferentes problemas através da internet, seja em esfera corporativa ou particular, assim facilitando nossa vida. Como sempre falamos, a internet se tornou uma aliada indispensável no nosso cotidiano, e com isso precisamos nos atentar aos cuidados básicos para manter uma navegação segura para não cairmos em fraudes desferidas por cibercriminosos.

Os cibercriminosos estão o tempo todo tentando obter informações dos usuários de internet. Isso ocorre porque, dados pessoais e informações bancárias de pessoas físicas e jurídicas são valiosíssimos para esses criminosos, por isso é comum recebermos e-mails contendo spam.

O Brasil é um dos países com maior índice de tentativas de fraudes online, com base em um estudo realizado pela ClearSale, teve um aumento de 18% durante esse período de quarentena pelo qual estamos passando.


O que são fraudes online?

Como o nome propõe, as fraudes online é um segmento utilizado por criminosos cibernéticos desferirem ataques através do meio virtual. Para realizar as fraudes online, os cibercriminosos fazem uso de uma série de recursos, desde softwares espião, envios massivos de spam e até mesmo sites para vender produtos ou serviços que nunca serão entregues, induzindo o usuário a efetuar pagamentos de boletos falsos. Tudo isso para roubar informações sensíveis e dados bancários.


Quais são as fraudes mais comuns na internet?

A fim de alertar nossos leitores, separamos uma lista dos principais tipos de fraudes que são aplicadas através da internet:


Phishing: um dos métodos mais populares, a fraude através do phishing nada mais é do que tentar pescar os dados de clientes e empresas através de links enviados por e-mail. Geralmente essa pratica faz uso ilegal de nomes e marcas de empresas conhecidas pelos consumidores. Muitas vezes essa tentativa de fraude envia um e-mail para o usuário solicitando a confirmação de alguns dados pessoais e bancários, normalmente essa tentativa contém links falsos que direciona os usuários para um site falso para que os dados sejam confirmados. Por tratar-se de um método muito elaborado, o cibercriminoso é extremamente cuidadoso para que o falso site seja idêntico ao verdadeiro, levando o usuário a crer que está em uma plataforma segura e, é neste exato momento que os dados são sequestrados por esse cibercriminoso;


Redes Sociais: publicações chamativas em redes sociais, cujo objetivo é fazer o interlocutor clicar em um link de procedência duvidosa que, possivelmente, esteja escondendo um vírus (malware) que pode infectar o computador de diferentes formas, também com a finalidade de capturar dados dos usuários para serem usados posteriormente;


Antecipação de Recurso: esse tipo de fraude ocorre quando um fraudador entra em contato com a possível vitima e tenta persuadi-la a fornecer informações sensíveis ou até mesmo, realizar pagamentos, com o intuito de receber algum grande benefício posteriormente.

Geralmente esse tipo de fraude é realizado através do envio de e-mails contendo toda uma historia por trás, levando a vitima prestes a cair na fraude, acreditar na veracidade do conteúdo e ceder seus dados ou até mesmo, realizar pagamentos. Entretanto, tais benefícios que seriam recebidos posteriormente não existem.

Um grande exemplo de fraude por antecipação é o “Golpe da Nigéria” onde a vitima recebe um e-mail dizendo que ela foi indicada a participar de uma transferência internacional de fundos, com a promessa de receber uma porcentagem altíssima dessa transferência, contudo, para que essa transferência fosse realizada, um certa quantia em dinheiro deveria ser paga pelo beneficiário de forma antecipada para arcar com as despesas;


Scareware: esse tipo de fraude é um dos que está mais próxima do nosso cotidiano, scareware é uma classe de softwares maliciosos que ao invés de beneficiar o usuário, traz inúmeros prejuízos, tal como o computador infestado por malwares. A fraude de scareware mais comum é a do antivírus falso.

Esse tipo de software envia mensagem pop-up informando que um vírus foi encontrado no seu dispositivo, seguindo com a mensagem que leva o usuário a seguir o link do pop-up para remoção do vírus, contudo, ao seguir o link mais o dispositivo passa a ficar exposto aos malwares;


Engenharia social: devido à engenharia social se basear na natureza humana, cibercriminosos aproveitam do poder de persuasão para manipular as emoções, capturar dados sensíveis e desferir golpes fraudulentos em usuários de internet.


Prevenção contra fraudes online

Embora a internet seja uma excelente ferramenta para o nosso cotidiano, trabalho e lazer. É primordial que saibamos como utilizá-la a fim de reduzir possíveis tentativas de fraudes, por isso, é muito importante ficar atento aos indícios de que nossos dados pessoais podem estar sendo utilizados por terceiros de maneira indevida.

Alguns dos indícios de que suas informações pessoais estão sendo utilizadas indevidamente é quando você começa receber retornos de e-mails de e-commerce como se tivesse realizado compras; notificações de que sua rede social foi acessada em um local diferente do qual você se encontra.

Adotar uma postura preventiva e sempre desconfiar de e-mails dizendo que foi contemplado a receber um benefício, tal como uma quantia de dinheiro exorbitante, mas que, para isso é necessário realizar um pagamento antecipado. Manter-se sempre atento as mensagens pop-ups que induz a clicar em links. Desconfie sempre de sites que não utilizam uma conexão segura.

Outra forma muito eficiente para evitar cair em fraudes no meio eletrônico, é manter-se informado. Novas formas de golpe podem surgir o tempo todo, principalmente agora que passamos mais tempo conectado, busque pelas sessões de informática em grandes veículos de comunicação ou sites especializado, geralmente eles trazem informações sobre eventuais novos golpes que estão circulando na internet, como estão sendo aplicados e formas de se prevenir.


Como proceder a caso tenha sido vitima de uma fraude na internet?

Ao notar que tenha sido vitima de uma fraude pela internet envolvendo seus dados pessoais e/ou bancários, o contato com o banco ou operadora de cartão de crédito deve ser feito imediatamente para deixa-los ciente do ocorrido, solicitando então o bloqueio de contas e cancelamento de cartões. Faça um Boletim de Ocorrência a fim de deixar as autoridades a par das fraudes que estão acontecendo. Por fim, se a segurança do seu computador foi violada, recomenda-se que o mesmo seja levado até um profissional especializado para que softwares maliciosos sejam removidos e sem causar mais danos.

23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Big Data

 

(15) 3217-8933 / 3329-8933

Formulário de Inscrição

©2020 por blog.tafner.net.br. Orgulhosamente criado com Wix.com