HSM- Hardware security module


Com a expansão de dados, a promoção do uso de serviços de criptografia vem se tornando cada vez mais presente no cotidiano de muitas pessoas, principalmente para empresas que necessitam proteger informações sensíveis de eventuais ameaças, sejam elas, internas ou externas.


Tendo em vista que a tecnologia e a segurança devem andar lado a lado em qualquer negócio. Mas quando estamos tratando de dados sensíveis, serviços de criptografia, assinatura e autenticação digital. Eles requerem o uso de medidas de segurança mais aprimorado, que possam garantir a segurança em casos críticos, como, por exemplo, ataques físicos. Como solução para segurança de dados sensíveis e serviços de criptografia, o hardware security module (HSM) se mostrou a solução mais estratégica e adequada para manter a segurança e proteção das informações no ambiente cibernético.


No texto de hoje, vamos explorar o universo do hardware security module, de modo a conhecermos o que é esse equipamento, como ele funciona e quais os benefícios que ele pode proporcionar. Boa leitura!


Mas afinal, o que é hardware security module?

HSM, sigla da palavra estrangeira hardware security module, cuja tradução para livre para língua portuguesa significa modulo de segurança de hardware. O HMS é um dispositivo que foi desenvolvido para que os dados que contivessem informações sensíveis sejam impedidos de ser acessados sem autorização por terceiros.


Dispositivo esse, que oferece uma solução mais segura para o armazenamento de serviços de criptografia. Ou seja, é um hardware que fornece serviços de criptografia para criação e armazenamento de chaves criptográficas, sendo elas, simétricas ou assimétricas. Sendo assim, podemos dizer que o HSM se comporta como um cofre digital.


O HSM é um dispositivo físico que pode ser encontrado em duas versões, podendo ser um dispositivo independente recomendado para atender diversos servidores ou como uma placa auxiliar que fornece segurança apenas para o ambiente no qual se encontra instalado.


Nos dois casos, os HSM oferecem proteção física extremamente segura, através da sua gama de recursos invioláveis e a autodestrutivos que são acionados por tentativas de sequestro de informação. Os recursos de segurança dos HSM seguem os mais rígidos padrões voltados para fabricação de hardware. Sendo o principal deles, o Manual de Condutas Técnicas da ICP-Brasil.


Os HSM fazem parte de um conjunto evolução computacionais idealizados para proporcionar e garantir a proteção adequada e armazenamento seguro de informações em ambiente digital, atuando especificamente no gerenciamento coeso e seguro dos dados sensíveis da empresa.


Hardware security module na prática

Bom, sabemos que o HSM é um dispositivo físico que conta com recursos lógicos e invioláveis para assegurar a proteção e segurança das informações contidas no mesmo, impedindo o acesso de usuários sem autorização. É chegada a hora de conhecermos como o HSM proporciona essa segurança criptográfica.

Na prática, o hardware security module é um dispositivo físico que atua como um cofre de segurança, somente usuários autorizados podem ter acesso ao conteúdo armazenado. Além disso, ele oferece altos níveis de proteção para serviços de criptografia, certificados digitais, entre outros. Ou seja, através do HSM é possível armazenar múltiplas chaves criptográficas, de vários tipos, com alta segurança.


Entretanto, para que o HSM possa fornecer múltiplas chaves criptográficas, o mesmo realiza uma fragmentação lógica, separando o acesso de cada fragmento. Processo muito semelhando aos tokens, porém, com muito mais segurança.


É importante pontuarmos que, o HSM conta com recursos de segurança muito elevado, garantindo a total inviolabilidade, caso ocorra tentativas de ataque ou incursão ao dispositivo, através da alteração de luminosidade captada por sensores, o HSM oferece como solução de segurança mais complexas, a autodestruição. Assim, as informações sensíveis armazenadas ali são destruídas.


Para ser possível garantir a segurança e a proteção das chaves que serão armazenadas no dispositivo de modo a evitar ataques lógicos e/ou ataques físicos, o HSM deve ser construído obedecendo aos principais padrões internacionais de segurança, sendo eles: FIPS 140-2 NÍVEL 3; FIPS 186-4; Manual de Condutas Técnicas da ICP-Brasil.


Onde e como esse dispositivo é utilizado?

O HSM é uma solução de segurança voltada para empresas que demandam a necessidade de emitir, controlar e administrar o acesso a múltiplos certificados, de modo a evitar que pessoas não autorizadas sejam impedidas de realizar operações.


Instituições privadas e governamentais cada vez mais vêm utilizando esse recurso para garantir ainda mais segurança aos dados sensíveis. Segundo o relatório de Estudo de Tendências de Criptografia Global, emitido pelo Ponemon Institute, o uso de HSM em 2018 teve um aumento exponencial de 41% e no ano seguinte, o índice aumentou para 48%. Esses números em 2019 já indicavam a necessidade de um ambiente cuja segurança tende de ser mais reforçada e livre de violações.


Ainda segundo o relatório emitido pelo Ponemon Institute houve um crescimento significativo na demanda por serviços de criptografia aplicados para assinatura de código; criptografia de big data; segurança em IoT e para assinatura de documentos digitais. Com base nesses números, o uso de HSM tende a continuar crescendo exponencialmente.


Há diversas aplicações que podem e/ou já usam o HSM, sendo elas: geração e armazenamento de chaves de acesso; assinatura de códigos; criptografia de base de dados; assinatura digital de documentos, entre outros.


Benefícios por trás do uso de HSM

Agora que já sabemos o que é hardware security module e como ele funciona, precisamos saber quais as vantagens ao adotar esse dispositivo de segurança.

Por estarmos falando sobre um dispositivo que foi pensado e construído para oferecer soluções de segurança mais elaborada, seu principal objetivo é a segurança inviolável. Entretanto, esse dispositivo ainda traz outras vantagens para você que está pensando em fazer uso desse dispositivo físico de segurança em sua empresa. Há três principais benefícios, sendo eles:


  • Redução de custos: além de reduzir custos, recorrer a HSM também reduz o tempo para realizar procedimentos, pois através dele, é possível realizar diversas operações, como, assinatura digital de documentos, autenticações, entre outros.

  • Integridade das informações: devido aos recursos que controlam o acesso, somente usuários devidamente autorizados podem ter acesso às informações armazenadas no dispositivo e realizar operações, garantindo assim, a inviolabilidade dos dados sensíveis.

  • Praticidade: por tratar-se de um dispositivo físico, ele dispõe da praticidade de poder conectá-lo em diferentes lugares ou até mesmo, acessá-lo remotamente.

No entanto, empresas que procuram por uma solução de segurança mais avançada para gerar e armazenar serviços de criptografia, o hardware security module atende todos os requisitos. Tornando-se então, a solução mais adequada para gestores que buscam praticidade e segurança na hora de gerir assinaturas digitais e chaves criptográficas.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo