• André Tafner

TI Verde


Na década de 1980, com o grande crescimento populacional, as pessoas passaram a ter maior dependência ao uso de energia fóssil, o que pode gerar danos irreversíveis ao meio ambiente. Com isso, em 1987, a palavra sustentabilidade começa a ganhar destaque através de um relatório elaborado pela Comissão Mundial Sobre o Meio Ambiente, chamado de Relatório de Brundland, onde o conceito de sustentabilidade é proposto como “aquele que atende às necessidades do presente sem comprometer a possibilidade de as gerações futuras atenderem às suas necessidades”.

Entretanto, hoje em dia, os conceitos de sustentabilidade deixaram de ser assunto abordado apenas pelas áreas voltadas ao meio ambiente e, reduzir impactos ambientais passou a ser de interesse de todos. É por isso os conceitos de sustentabilidade vem sendo aplicados em diferentes segmentos da sociedade. Isso ocorre porque precisamos adotar medidas sustentáveis para reduzirmos impactos que possam levar ao esgotamento dos recursos naturais do nosso planeta. E como todos os segmentos, a TI também pode provocar impactos no meio ambiente, principalmente pela grande demanda de energia elétrica e extração de matéria-prima para construção de hardwares. No tópico de hoje vamos entender o conceito e porque uma TI sustentável é a melhor opção.


Mas afinal, o que é TI Verde?

A TI Verde é a tradução livre da palavra estrangeira Green It, cujo significado pode ser descrito como um conceito de tecnologia da informação, cujo objetivo é a redução de impactos ambientais produzidos pelo setor. No geral, podemos definir o TI Verde como um conjunto de práticas voltadas para sustentabilidade, ou seja, práticas que visam utilizar de modo consciente os recursos naturais a fim de evitar impactos ambientais.

A TI Verde tem como principal objetivo construir uma relação de equilíbrio entre o avanço tecnológico e o cuidado com o meio ambiente. Esse equilíbrio visa à redução dos danos ambientais causados pelo consumo excessivo do setor, porém, sem perder as vantagens que a tecnologia proporciona em nossas vidas.


Danos ambientais que podem ser causado pela TI e como revertê-los adotando práticas sustentável da TI Verde

Assim como toda ação humana pode resultar em pequenos impactos no meio ambiente, o setor de tecnologia da informação não fica de fora. Seja pela alta demanda de energia elétrica e/ou pela matéria-prima utilizada na produção de novos hardwares.

Há uma série de medidas que podem ser implementadas facilmente para reverter esses casos de pequenos danos ao meio ambiente, tal como, optar por uma empresa que ofereça o serviço dentro dos conceitos da TI Verde, com equipamentos que demandam menor consumo de energia elétrica. Como também, alinhar a própria equipe para auditar o parque tecnológico a fim de identificar possíveis equipamentos exigem gastos excessivos de energia e realizar a troca por um equipamento mais moderno com menor consumo energético.

Outro fator importante é fazer a destinação correta do lixo eletrônico, pois, o descarte incorreto de eletrônicos pode acarretar na contaminação do solo e lenções freáticos, por possuírem uma grande quantidade de metais pesado em sua composição, que além de danos ao meio ambiente, também é nocivo aos seres humanos.


Práticas da Tecnologia da Informação Verde

Em tese, a tecnologia da informação possui três etapas práticas que ao serem atrelados com o desenvolvimento sustentável, visam diminuir o desperdício de recursos naturais e o aumento da eficiência dos processos. A primeira etapa chamada de implantação tática tem como objetivo adotar mudanças relacionadas ao uso excessivo de energia elétrica, não gerando custos adicionais ao seu negócio e, sim visando à redução; posteriormente, temos a etapa estratégica, neste momento são desenvolvidas novas estratégias para produção e utilização de tecnologias, visando à redução de recursos no processo de produção, neste momento toda a infraestrutura passa por auditoria; por fim, temos a ultima etapa profunda ou radical, nesta fase são colocadas em prática todas às aplicações propostas pelas etapas anteriores, desde as modificações físicas da infraestrutura até o treinamento da equipe sobre as novas práticas a serem adotadas.


TI Verde e o setor empresarial

A preocupação com questões ambientais tem feito a TI Verde ganhar cada vez mais espaço dentro das empresas. Pois, o alinhamento dos conceitos da tecnologia da informação verde com as empresas do setor privado torna-se uma parceria muito interessante, passível de render bons frutos, não só para o meio ambiente, como para empresa. Uma vez que as aplicações das práticas citadas anteriormente proporcionam uma redução nos custos com energia elétrica. Além disso, com a criação do Índice de Sustentabilidade Empresarial, muitas empresas passaram adotar estratégias para reverter os danos ambientais, tal como a adoção da tecnologia da informação verde. Empresas que apresentam iniciativas socioambientais e os melhores resultados nos índices de sustentabilidade podem vir a receber incentivos fiscais, tais como, vantagens econômicas para obtenção de créditos.


Quais são as vantagens que a TI Verde proporciona para o negócio e o meio ambiente?

Adotar a TI Verde é contribuir diretamente para preservação do meio ambiente. Mas, além disso, como supracitado, as práticas da tecnologia da informação verde podem trazer vantagens financeiras para sua empresa em longo prazo, como a redução de gastos com energia elétrica, essa redução de custos pode ser aplicada em outros setores da empresa; a preocupação com o meio ambiente tornou-se uma obrigação de todos, sendo assim, consumidores procuram serviços de empresas que possuem comprometimento com o meio ambiente, se sua empresa demonstra que possui um plano de ação para uma TI sustentável, melhora ainda mais a imagem da empresa no mercado, atraindo novos clientes.


Quais são as certificações que a TI Verde pode ter?


- Selo Verde: selo de reconhecimento de empresas que possuem boas práticas de sustentabilidade em âmbito empresarial, social e ambiental;


- ISO 14001: resolução para empresas se planejarem e executarem atividades seguindo protocolos ambientalmente corretos;


- PROCEL: talvez essa seja a principal certificação para a TI Verde, esse selo indica que a empresa possui equipamentos modernos que consomem menos e/ou não desperdiçam energia elétrica.

4 visualizações

(15) 3217-8933 / 3329-8933

©2020 por blog.tafner.net.br. Orgulhosamente criado com Wix.com